BannerLojaDN

Menage com dois Homens por Lola Benvenutti

Por incrível que pareça, cada vez mais eu tenho ouvido mulheres dizendo que tem fantasia em observar dois homens juntos.

Em um mundo onde quase só há espaço para ménage com duas mulheres, fico feliz em notar que o inverso tem ocupado posição privilegiado ao menos nos pensamentos das mortais e por que não dizer no mundo real?

Dando vazão a esse fetiche, decidi relatar um dos meus recentes encontros, com duas belezuras…

 menage 1 mulher e 2 homens

 

 

Nas minhas andanças por sites de relacionamentos, encontrei o Engenheiro. Deixei para contar pessoalmente sobre a minha profissão, assim ele não faria um pré julgamento, desinteressando-se tão rapidamente quanto se interessou. Engenheiro, casado e visivelmente excitado por ter retomado os tempos de caçador, percebi que era, também , um período de descobertas, só não achei que ele se abriria tão facilmente para mim.

Infelizmente, quando digo que sou puta, quem não me conhece acha que eu faço só pela grana e que não tenho prazer real no sexo. É claro que dinheiro é bom, mas unido ao prazer de um orgasmo é incomparável.

Fomos jantar em um restaurante badalado e ele estava visivelmente tenso, com a possibilidade de que algum colega de trabalho o visse ali. Depois de algumas taças de vinho, ele finalmente se soltou e pudemos conversar de maneira mais tranquila. Infelizmente, não posso falar sobre suas vivências, mas posso dizer que fiquei muito surpresa enquanto ele me contava vários casos curiosos sobre pessoas famosas, inclusive. Foi quando ele comentou sobre seus clientes que lhe contei sobre meu fetiche por pessoas mais maduras “Juro. Quanto mais mumificado ele parecer, fico mais atraída. Procuro bares com pessoas mais velhas porque é realmente o que me atrai e nem é job”.

Ele ficou em choque, mas simpatizando com a causa (e bastante bêbado), começou a me passar os números de telefone de alguns clientes, pedindo que eu não entrasse em  contato, pois talvez  ele fizesse o meio de campo. Fiquei pensando que aquilo era muito doido…se eu fosse alguém sem princípios, poderia usar todas aquelas informações sem a maior preocupação.

Começamos a falar sobre preferências sexuais e embora ele ja tivesse me adiantado algumas vontades e curiosidades, ele ficou muito interessado quando relatei algumas experiências mais transgressoras, especialmente quando mencionei meu Slave Alemão. Comentei que ele era muito gato: dois metros de altura, loiro, sorriso perfeito, corpo definido, inteligente e fazia tudo o que eu mandava – desde limpar e cozinhar, esperar eu voltar do trabalho e ser minha mulherzinha. Quando mostrei uma foto ele pirou.

Assim que acabamos o vinho, achei melhor irmos pra casa. O pau visivelmente duro através da calça fazia notar o tamanho do desespero: era grande.

Enquanto eu dirigia em direção à sua casa, ele enfiava a mão por baixo da minha saia e notava o quanto eu estava molhada. Ficou maluco e queria que eu fosse à sua casa de todo jeito. Como eu ja tinha um outro compromisso, dei uns amassos ali e disse-lhe que no dia seguinte poderíamos fazer algo.

Quando cheguei em casa, havia um recado no meu Skype. Ele queria que eu e o alemão fossemos à sua casa – sua mulher e filhos estavam viajando – ele faria um jantar de primeira, regado à champanhe, whisky e especiarias e depois faríamos uma farra. Ele me confidenciou que não tinha vontade de ser comido, mas queria comer o alemão e provavelmente chupar também. Fiquei surpresa com a naturalidade com que ele me dizia tudo aquilo. Nunca um homem aparentemente  hetero havia me  confidenciado um desejo tão íntimo, com tanta fluidez .

No Skype, ele me mandava fotos do pau, me falava que mal conseguia se concentrar de tanto desejo e que trocaria qualquer affair para estar comigo.

Pensei, pensei e conversei com meu Slave que, embora estivesse muito nervoso, não resistiu quando eu disse que era o faltava para que ele pudesse voltar a ser meu – eu havia enjoado dele pouco tempo antes e não nos falávamos muito.

Eu sabia que esse era um limite dele, pois não curtia sair com homens,  gostava apenas de ser enrabado por mulheres “Bom, vc sabe que esse era um limite meu, mas eu vou fazer isso por você”.

Liguei para Engenheiro e contei a verdade, falei que era meu trabalho e que, como ele devia ter percebido, eu gostava muito de sexo. Comentei também que já havia conversado com o Alemão e ele havia topado. Convencido, topou facilmente, mas avisou-me que não queria que eu ficasse controlando o tempo, pois queria que tudo fluísse naturalmente.

Quando chegamos, ele estava de avental, todo entretido na cozinha. Meu Slave estava completamente tenso. O rosto vermelho, quieto, bem diferente de Engenheiro, que estava divertido como sempre. Os dois tinham belezas quase opostas. Engenheiro tinha 1,80, cabelos pretos, magro e uma cara de moleque que, embora fosse mais velho que Alemão, parecia ser mais jovem.

Enquanto esperávamos o refinado jantar ficar pronto, íamos bebendo e conversando para quebrar o gelo. Eu estava deslumbrante: saltos altíssimos, vestido curto e justo, sem calcinha.  Alemão me fazia massagem enquanto nosso anfitrião cozinhava. Nossa conversa era provocação pura e eu ia vendo o efeito nas calças deles.

Houve um momento em que a comida quase queimou quando meu slave foi ao banheiro e Engenheiro colocou a mão debaixo do meu vestido, sentindo como eu estava molhada. Alemão voltou e começou a me fazer massagem nos pés até que o jantar ficou pronto. Adorei ver os dois trabalhando em equipe para colocar a mesa e me deixar o mais confortável possível. Senti-me literalmente uma rainha.

Embora o jantar estivesse divino, comi pouco e rápido e logo me sentei no confortável sofá, com as pernas bem abertas, esperando que alguém fosse me chupar. Alemão veio primeiro, ficou de joelhos e começou a me lamber.

homem chupando mulher

Quando Engenheiro apagou as luzes e veio, pedi que colocasse minha taça de champanhe em algum lugar que não pudesse derrubar. Pedi aos dois que tirassem a roupa e logo era Cirurgião que me chupava, de joelhos, no chão e pegava no pau do Alemão que estava ao nosso lado, me beijando na boca.

  • Quero ver você chupando – eu disse.

Sem a menor cerimonia, ele caiu de boca e eu quase morri de tesão. Os dois, tão masculinos, tão sérios, totalmente entregues, os paus explodindo de tesão e eu exigindo tudo o que queria ver. Acho que vi poucas mulheres na vida fazendo uma chupeta tão bem feita: ele lambia as bolas, a cabeça, engolia o pau todo. Quase não acreditei que ele nunca havia chupado um pau.

  • Agora quero ver vc comendo ele – ordenei ao Engenheiro

que, sem pestanejar, pegou uma camisinha e enquanto Alemão me chupava, colocava naquele rabinho tão apertado que eu conhecia bem. Os dois gemendo de tesão, sérios, concentrados me fizeram chegar ao orgasmos facilmente

  • Não vou conseguir gozar – disse o Engenheiro

  • Então vem me comer. To molhadinha, louca pra dar.

Pegando outra camisinha bem rápido, ele me comeu no sofá, enquanto meu slave estava no banheiro. Eu estava tão excitada que gozei muito rápido, falando toda a sorte de sacanagens e ele também não durou nem 5 minutos.

transando no sofa

Quando o Alemão retornou e encontrou aquela cena, ja foi logo colocando a camisinha e vindo me comer. Enquanto isso, o anfitrião  havia  encaixado o rosto por trás dele e lambia suas bolas. Rapidamente ele gozou – eu sabia o quanto ele gostava de ter as bolas estapeadas, chupadas e apertadas. Engenheiro havia me visto batendo nas bolas dele e deve ter se ligado que ele curtia esse tipo de estímulo, o famoso ballbusting.

Depois disso, os 3 ficamos lá, sentados no sofá conversando e rindo da inexperiência deles, que juravam nunca ter feito algo assim.

– Nossa, então nasceram com o dom, hein?

Saí para dançar salsa com uma amiga e ainda estava molhada enquanto dançava com outros caras, lembrando das cenas extremamente excitantes que presenciei.

Fonte: http://www.lolabenvenuttioficial.com.br/post/153/Menage+com+dois+homens

BannerLojaDN
Leia o post anterior:
O que fazer se a Camisinha Estourar?

Se a camisinha estourou ou escorregou durante o sexo, tente manter-se calma e pare o sexo imediatamente, cuidadosamente retirando o...

Fechar